terça-feira, fevereiro 28, 2012

A GRANDE SINÉDOQUE DA BOLA

Tenho de concordar com o que aventa este lagarto anónimo, biopsia em pessoa, seja ela qual for, do primadonnismo: «Se o Domingos quisesse ficar no Sporting nunca teria insultado o clube como o fez ao reagir às críticas do João Braga. Acresce que a sua presença no banco irradiava insegurança e cerebralismo. Ele não se sentia parte da equipa, era o seu capataz preocupado com a imagem que tinha ou deixaria de ter. Por isso começou a despejar a sua frustração para cima dos jogadores nas entrevistas, explicando os maus resultados por falta de empenho de alguém nunca nomeado, logo de todos.»

Sem comentários: