sexta-feira, fevereiro 24, 2012

PUTIN NÃO É MELHOR QUE KADHAFI

Há uma personagem cada vez mais quixotesca chamada Putin. Os moinhos de vento têm sido difíceis de encontrar e combater, mas há sempre um que se inventa para a festa do inimigo externo e conspirativo. A revista «Time» serve perfeitamente. Uma coisa, porém, move este Quijote Negro como move, antes e para além de tudo, o Qujote original que está vivo no clássico cervantino: Dulcineia. Tudo o que as máfias abocanham e dominam em conluio com o poder residente é doce e deve continuar doce. Os proventos dos negócios das armas, do gás natural, do petróleo têm mãos certas: são a Dulcineia de quem chegou primeiro. Tudo continuará igual caso o Povo russo se deixe amordaçar pelo medo. Porque a ventosa do Poder está tal como Kadhafi a tinha: bem apertada.

1 comentário:

Anónimo disse...

Ora diga lá, o Putin ainda consegue ser melhor que o Sócrates.