sábado, fevereiro 25, 2012

SÓCRATES E LUÍS AROUCA "ARTICULAM-SE"

Eu gostava de saber para que ex-assessores circenses se dão à ingente trabalheira de defender o seu Sócrates. As marcas indeléveis de incontáveis trafulhices e aldrabices encherão os anais com arquivos e mais arquivos de pura fajutice lesa-Pátria. persistir na pífia defesa do indefensável, só pode ser cegueira de amantes. Uma nova lixeira complementar socratista, que explicita uma articulação de versões entre o Primadonna e Luís Arouca no caso Independente, pode ser vasculhada e devidamente entendida aqui. Uma vergonha monumental!: «Não, não...não...não... não há nomes de professores, nem o professor se lembra...nem tem...enfim... »

1 comentário:

Miguel disse...

Acreditar em Sócrates é uma pura questão de fé, tendo por cima evidentes provas contrárias à sua defesa.