domingo, fevereiro 12, 2012

CGTP E A ESTERILIDADE DA RUA GREGA

Com este clamar patético, a CGTP não pode estar a carburar bem da mona. Por seu lado, os extremistas gregos não podem ter amor à sua pátria ao piorar o que já é péssimo. Não foi isso que islandeses fizeram ou irlandeses. Nós, portugueses, temo-nos por cá e pelas sete partes do mundo, espalhados, a olhar pela vida. Sabemos bem que o fogo, o gás, as pedras e os paus são completamente estéreis, embora entretenham o pessoal fóssil sempre com a Esquerda e o Estado na boca. A rua é estéril. Nenhuma transformação. Nenhuma alteração. Só devastação e vazio. Bom proveito.

3 comentários:

floribundus disse...

já calcularam que 300 mil são 8 por metro quadrado.
enquanto for blá blá vai tudo bem.
o pcp quer entalar o ps

Anónimo disse...

Tás a chamar extremistas gregos a quem??
Vê se te documentas antes de mandar bitaites.

Tás a ficar pior e com mais palas do que aqueles blogs encomendados pelo Socrates. que tanto criticavas.

A indignação grega é justa. Ou queres proibi-la?

Anónimo disse...

TREZENTAS MIL PESSOAS ???? CGTP/PCP/BE Vangloriaram-se que conseguiram "arrebanhar" 300.000 pessoas. E eu pergunto: -Será possivel? Não,Não e Não. Porque, tendo o Terreiro do Paço 36.000m2 de área(200x180mt,dividindo o tal nº "imaginário" de pessoas pela área, o resultado é de: 8,3P/m2.É uma questão de ...ZEROS. ACM