segunda-feira, junho 17, 2013

ARÍETE NOGUEIRA E A BONDADE SOCIALISTA

Está tudo ligado. Um País embalado ao longo de anos pelos cantos de sereia socialistas, paciente com o charlatanismo político guloso dos sócrates, passivo sob a tutela do ávido ayatolah soares deu em que falisse. Causas? Massiva corrupção de Estado entranhada e intrincada. Agora, os que nos dão a mão, Troyka-Merdoyka, exigem reformas duríssimas: despedir em massa na função pública, criar condições para a sustentabilidade das contas públicas dê por onde der, coisas de que se andou a falar a medo há muitos anos e muito anti-eleitorais. Nada havia de grátis na bondadezinha socialista. Mas a bondade socialista está de regresso e Seguro traz o Paraíso na ponta do bico. Mário Nogueira é o seu aríete, o aríete da Esquerda Demagógica e Oportunista a visar a muralha PSD/CDS-PP, à espera de ganhar uma guerra que perde o País.

Sem comentários: