quinta-feira, junho 27, 2013

NEM COM COERCIVIDADE

Repare-se na tolerância nula dos piquetes de greve sobre os indivíduos que a ela não aderem ou sobre o funcionamento dos serviços mínimos. Não é isso uma violência, forma musculada de coagir aqueles que pensem além da caixa anacrónica e obsoleta da CGTP?! Pode a violência queixar-se da violência?! Então por que é que se queixam?! Nem com coercividade inter-pares a Greve Restrita de Privilegiados com Emprego no Estado, ilha de paz num continente de merda, é finalmente geral. 

2 comentários:

menvp disse...

LOBBYS PATRONAIS E LOBBYS SINDICAIS UNIDOS:
- ambos, nas suas negociações com os governos, QUEREM MANTER O CONTRIBUINTE DE FORA… de facto, os mafiosos dos lobbys patronais (e dos lobbys sindicais) não querem que QUEM PAGA (vulgo contribuinte) possua o Direito de Vetar negociatas…
.
.
--->>> O contribuinte não pode andar constantemente a correr atrás do prejuízo: BPN, PPP's, etc, etc, etc.
!!!...DEMOCRACIA SEMI-DIRECTA...!!!
.
Dito de outra forma:
-> Não sejas cúmplice dos 'Políticos Carta Branca': os políticos que querem carta branca para continuar a estoirar milhões e milhões em endividamento...
-> Apoia os 'Políticos Disponíveis para serem Fiscalizados' (pelo contribuinte): "O Direito ao Veto de quem paga".
.
.
.
---> É uma 'regra' da democracia:
- Um ministro das finanças que dê abébias a certos lobbys tem a vida facilitada... pelo contrário, um ministro das finanças que queira ser rigoroso, tem de enfrentar uma (constante) tempestade política.
---> Mesmo depois de já terem sido estoirados mais de 200 mil milhões em endividamento... os 'Políticos Carta Branca' querem estoirar mais: eles continuam a falar em mais e mais despesa... NÃO ENQUADRADA na riqueza produzida!?!?!
-> Mais, para os 'Políticos Carta Branca' já se vislumbra uma luz ao fim do túnel: "implosão da soberania, ou o caos" - federalismo...
.
.
---> Por um sistema menos permeável a lobbys, os 'Políticos Disponíveis para serem Fiscalizados' (pelo contribuinte) farão uma gestão transparente para/perante cidadãos atentos... leia-se, são necessários melhores mecanismos de controlo... um exemplo: "O Direito ao Veto de quem paga" (vulgo contribuinte): ver blog 'fim-da-cidadania-infantil'.
.
.
.
O CONTRIBUINTE TEM QUE SE DAR AO TRABALHO!!!
-> Leia-se: o contribuinte tem de ajudar no combate aos lobbys que se consideram os donos da democracia!

Anónimo disse...

Ó Chico, com essa densidade de massa cinzenta não admira que estejas desempregado aos 43 anos. E parece que estás a candidatar-te a ser desempregado de longa duração, pois em vez de pedir trabalho pedes dinheiro. Continua, que estás no bom caminho