sexta-feira, junho 14, 2013

A ESQUERDA SOARESIANA

Esta conversa convencional do Rui já deu o que tinha a dar, embora todas as proposições da equação que o Estado Português enfrenta estejam certas. A Esquerda em Portugal é um fóssil. No máximo uma coisa acomodada e aclimatizada ao partidocratismo. O que temos a instigar bloqueios e resistência à mudança é mais um sistema soaresiano, um poder acima do Poder aparente de governar, qualquer coisa imbricada no Aparelho de Estado que manda e vem para a praça pública se é demitido por cauda das swap, certa cúpula da opinião, certa cópula das influências e seu tráfico, para os quais nada é para ser destapado, mexido, mudado. Jardim, por exemplo, tornou-se anti-Governo na proporção da sua igualzinhidade com os piores podres do Continente.

Sem comentários: