terça-feira, junho 11, 2013

UM ESCÂNDALO É UM ESCÂNDALO

Qualquer de nós, cidadãos, percebe que tudo permanece igual no capítulo inacabado da irreformanda Justiça Portuguesa. A Maçonaria manda na Justiça. Os partidos do Arco da Governação mandam na Justiça. Ela é lenta para os Dias Loureiro, para os Oliveira e Costa, inexistente para os Sócrates e os Paulo Campos, cujo dolo está na cara-de-pau e na lata infinita, lenta e nula, portanto, para os que controlam a sociedade portuguesa e a asfixiam despudoradamente. Tudo corre bem aos que perpetram toda a espécie de malfeitorias contra os Portugueses. Palmas.

Sem comentários: