quinta-feira, março 22, 2012

ALGUMA LUZ SOBRE O QUISTO OSCOT

Bem explicado: «Será isto um escândalo? Nem tanto se não lhe deram importância. Porém, o OSCOT assume "preocupações". Evidentemente uma delas, porventura a mais importante é a posição dos seus peões de brega nas instituições do Estado que se ligam à Segurança da Nação. O OSCOT é uma antecâmara sem qualquer legitimidade democrática para intervir politicamente, para além do associativismo corrente e que ostenta pessoas, nomes e funções para o Estado e a Segurança do dito, um dos sectores que confessadamente mais os preocupam. Porém, quase ninguém liga e os que ligam dão pouca importância e desvalorizam o assunto. Condescendem. Democraticamente isto é um quisto, porque estas pessoas querem confessadamente intervir na res publica, agregando nomes que se interligam a serviços secretos, espionagem e segurança interna, forças armadas, mas tanto faz. O que está em causa é o exercício do poder fáctico e no caso, fora do esquema democrático porque resultante do tráfico de influência lobbysta e maçónico. Não em modo criminalmente relevante mas pelo mais prosaico "sistema de contactos".» josé

Sem comentários: