sábado, março 24, 2012

SERVICINHOS

Leio no josé a descrição pormenorizada do que MST e Daniel Arrastão Oliveira andam a escrevinhar no Espresso: desengane-se quem pense que os políticos que roubam e desrespeitam o Estado de Direito, roubando ao máximo e pelo máximo de tempo possível, o fazem sem um esquadrão de opinadores peritos em pactuar e desculpabilizar à força toda qualquer crime sob a conveniente capa imunitária de se tratar de política. Não os concebia tão invertebrados em sede de consciência. Basicamente, para ambos a impunidade é boa e recomenda-se; não há nada a mudar em leis feitas à medida da venalidade; e sobretudo há o perigo da "judicialização da política": enfim, lixados os contribuintes pela espessa corrupção dos políticos, lixam-nos os opinadores com a atenuação e desculpabilização geral dos mais negros e nocivos actos daqueles mesmos políticos e é nisto que se resume o servicinho que Daniel Oliveira e Miguel Sousa Tavares prestam ao Primadonna: encerrar-nos no curral do grande comer e calar, apesar de traídos, vendo lesado o Estado para lá do limite da pura insanidade no exercício do Poder. O jantar de namoro para abrandamento da isenção de quem opina, tal como com Pina, deve ter sido inesquecível. Podre País com abéculas assim!

2 comentários:

floribundus disse...

a peixeirada vai continuar

Anónimo disse...

Há muito tempo que deixei de comprar o Expresso. Vai longe o tempo em que o comprava às escondidas... Muitos articulistas não conseguem "ver claro" e enviesam os seus artigos/opiniões ao sabor da sua cor política, denotando um certo distanciamento da realidade. Deviam ser mais rigorosos e apurados.