sexta-feira, março 30, 2012

O BENIGNO FIM DA PÁTINA FICCIONAL

«Em menos de um ano, não só mudou o ruído de fundo (não se ouviu o pupilar dos pavões dos jardins de S. Bento) como se alterou o registo. Não há mistificação, não há ilusões e, muito menos, ficção científica a cores e exibida nas mais sofisticadas plataformas de acesso.» JG

1 comentário:

Anónimo disse...

Mudou sobretudo o horizonte das expectativas de um Povo, já não se pensa no futuro, nem mesmo no amanhã, só o hoje conta, depois, logo se verá.
Há uma certeza, a de sabermos que os que chamaram traidor ao Mário Soares por entregar as colónias aos turras tudo fazem para desvalorizar o património nacional para o darem aos amigos, os tais turras e aos chineses.
As manobras da empresa de audiências destina-se a baixar o valor da RTP, para quê? Pois…