quinta-feira, março 29, 2012

AUTOFAGIA NUMA LIDERANÇA BICÉFALA

O PS está em crise aguda. Culpa? Muito simples: de Paris a ordem é rebente-se com a esperança, desorganize-se a recuperação nacional, culpe-se o médico, assassine-se a terapia, humilhe-se António José Seguro, coisa que tem sido feita com o mesmo zelo com que o marketing socratesco, o spin socratino, a assessoria imaginária socratesiana, nos garantia não precisarmos de intervenção externa nas vascas do colapso de tesouraria. Essa é a Cabeça Subliminar que ainda lidera esse Partido Saqueador e ainda lideraria, mesmo a partir da justa cela com que falta cumprir Portugal. A outra cabeça, titubeante e sofredora sobretudo no Parlamento, António José Seguro, não se opõe a que se apure e investigue o recente legado maravilhoso do Partido Sequestrador dos contribuintes. Nem se opõe se vasculhe quanto diga respeito ao brilhante ex-líder, que bem se poderia queixar de calúnia, caso não acumulasse à infâmia o máximo de proveito.

1 comentário:

Anónimo disse...

E se fosse mesmo assim? Há quem acredite que alguém telecomanda um partido à distância só por interesse pessoal? O tempo tudo mostra, é só esperar.