quarta-feira, março 21, 2012

CRÁPULA, CORRUPTO, RUINOSO

«Uma coisa é a minha convicção pessoal e outra é a do tribunal. Mas a minha convicção é que um indivíduo que sempre viveu de esquemas, desde a assinatura de favor de projectos de merda, até negociatas com aterros e diplomas oferecidos, poderia muito bem achar que já estava numa posição de "cobrar" mais pelos seus serviços. E o lugar de ministro com o poder que dele advém vale bem meio milhão de contos de reis. Se assim não for como podem explicar que alguém que vivia apenas do magro salário de 1.º ministro, sem fortuna conhecida, possa comprar baratíssimo dois apartamentos numa das zonas mais nobres de Lisboa e viver hoje em Paris com uma renda de casa mensal de 7000 Euros no bairro dos diplomatas? Se como diziam as contas do Correio da Manhã o sr. tem gastos da ordem dos 15 mil Euros por mês (mínimo) são 180 mil Euros líquidos para gastar por ano. O que equivaleria a um rendimento bem considerável se fosse rendimento de capital, com a sua taxa liberatória de 25% ou, pior ainda, rendimento do trabalho. Que por acaso não se lhe conhece desde que enveredou pela política. É gente desta que descredibiliza completamente a classe política. Sobretudo quando o faz logo a seguir a ter falido um país inteiro.» Groink

Sem comentários: