domingo, março 11, 2012

BESTIAL OUTRA VEZ

Jorge Jesus e Vítor Pereira competem directamente entre si. Um compete no campeonato do perdulário, do autodeslumbramento, afinal não pediu desculpas a Capdevila no balneário e vai à frente. Outro compete no campeonato da incompetência amedrontada, do discurso pardo e hesitabundo, e do percurso ainda mais pardo. E vai à frente também. Há oito dias, um deles sentia-se bestial e o outro porventura uma besta, para além da diarreia de destempero na verve ressabiada, auto-indulgente pela derrota em casa. Hoje, tudo se inverte. JJ pode respirar. É bestial outra vez. E ai se não fosse! O outro voltou ao buraco habitual sem chama nem rasgo. Todavia, o terreno é movediço para ambos. Campeão, campeão, esse será o Braga. Não tem margem para falhar. Dado o prodígio competitivo que denota, jornada após jornada, é agora ou jamais. 

2 comentários:

RockyBalbino disse...

Fruta & Chocolates, L.da. Ontem mais 2 penalties ROUBADOS ao Benfica e ainda há delirantes com o topete de largarem bojardas que tais as tuas. Tsc, tsc...

Anónimo disse...

Braga=prodígio competitivo? Ontem foram-lhes oferecidos 2 pontinhos. Na semana passada mais 2 pontinhos ao fqp e menos 2 ao SLB. Haja decoro!