quinta-feira, março 01, 2012

MEU DEUS, UM BORDEL NA MOURARIA!

Por pudor e compartimentação de papéis, a Câmara Municipal de Lisboa não deveria expelir alvitres públicos sobre este assunto. Decidia e calava. Quem é que se lembrará da prática segura do sexo-mercadoria, quando milagre é poder finalmente ir para casa descansar a crica, após maratona com dez ou vinte coitos comerciais?! Ai utopia. 

Sem comentários: