quarta-feira, março 14, 2012

O CORO

Quem lê os fanáticos socialistas e os vê a comparar o incomparável: os tempos despesistas do passado com o presente conclui que lhes habita a mente esta ideia peregrina  todos os males portugueses, nessa altura, advinham do coro de protesto e insatisfação interna, de bloggers, movimentos e Oposições, e não dos excessos, erros e abusos cometidos. Por isso, não passa sem remoque mesmo uma ideia pró-activa no sentido de observar e contrariar o alarme social em que os socialistas e os socratistas têm apostado, adeptos que são da terra queimada, caso não sejam eles o Poder.

1 comentário:

Anónimo disse...

http://asombraquemepersegue.blogspot.com/2012/03/postal-sua-excelencia-o-senhor.html